O que define um bom Logótipo?

Todos queremos ter um bom Logótipo, é bom para a nossa marca e excelente para as nossas finanças.

Mas o que realmente define um bom Logótipo?

Primeiro é necessário entender a função de um logótipo; identificação da marca. Para conseguir realizar a sua função um logótipo deve ser único, distinto, prático, simples e deve transmitir a mensagem pretendida.

Existem cinco qualidades que um bom logótipo deve ter de forma a conseguir o seu objectivo:

  • Memorável;  Fácil de recordar e distinguir, impressionável.
  • Intemporal; Deve resistir ao teste do tempo.
  • Versátil; Aplicável em vários locais, impressos ou digitais.
  • Simples; Claro, prático e objectivo.
  • Apropriado; Bem enquadrado no ramo da marca.

Vamos agora ver uma qualidade de cada vez, em detalhe…

1. Memorável

Deter um logótipo memorável é talvez um dos factores mais importantes numa marca. Conseguir um logótipo memorável é conseguir um símbolo único e distinto que impressione, tornando-o reconhecível e fácil de recordar.

Por vezes é difícil, senão impossível, criar uma associação directa entre um símbolo e o que ele simboliza e, mesmo criando essa associação esta é frequentemente subjectiva e alvo de objecções.

Nas palavras de Paul Rand:

[quote]Por fim, a única regra num logótipo é que seja distinto, memorável e claro.[/quote]

2. Intemporal

As tendências pertencem à moda, vão e voltam com o tempo…

Na sua marca e ao seu logótipo o importante é a longevidade… Não siga a multidão, destaque-se.  (David Airey)

Talvez dos aspectos mais difíceis de criar, longevidade; a melhor forma de criar um logótipo intemporal é através da simplicidade e do conceito. Numa comparação entre os logos da Coca-Cola e a Pepsi podemos verificar que apesar do logotipo da Coca-Cola ter sofrido algumas revisões o conceito foi mantido em todas as alterações.

Ter um conceito inicial forte e definido permite à marca variar ligeiramente os seus logótipos conforme as tendências da época, mantendo toda a essência do original.

O seu logótipo resistirá ao teste do tempo?
Será viável daqui a 20, 30 ou mesmo 50 anos?

3. Versátil

O seu logótipo muito provavelmente terá de ser colocado em vários locais; Meios impressos e digitais requerem diferentes atributos para terem a maior eficácia. É por esta razão que os logos devem ser desenhados em vectores, para poderem ser escalados a qualquer tamanho.

Como está o seu logótipo…

  • … impresso em apenas uma cor?
  • … apresentado sobre um fundo escuro?
  • … sobreposto a uma fotografia, ou num cartaz ?
  • … reduzido ao tamanho de uma moeda?
  • … colocado na sua página social (ex. Facebook)?
Inicio sempre o design de um logótipo utilizando apenas Preto e Branco, desta forma trabalho na sua forma mais simples e garanto que o logo funciona desde raiz.

A cor é muito subjetiva e emocional, pode distrair do design geral. Por exemplo, se vir o seu logotipo rodo a vermelhor, essa cor pode ser a primeira coisa à qual irá responder, não à composição e forma dos elementos. Eu nem considero sugerir cores a um cliente sem que ele tenha primeiro aprovado o logótipo final a Preto e Branco (Patrick Winfiel).

4. Simples

A Simplicidade prepara o logótipo para ser memorável. Se for simples é fácil de memorizar e reconhecer.

Logotipos simples são geralmente reconhecidos fácilmente, incrivelmente momoráveis e os mais efectivos a cobrir os requisitos dos clientes. (Jeff Fisher)

Uma identidade coerente nos vários suportes (impressos, digitais, viaturas, …) é de uma enorme importância ao desenvolvimento de uma marca.

5. Apropriado

Ao deter as 4 características principais um logo poderia estar perfeito; mas necessita de uma última característica: ser apropriado. Se escolhermos um tema colorido e um tipo de letra “divertido” estamos a realizar uma escolha apropriada para uma cresce ou loja de brinquedos, no entanto seria uma má escolha para um escritório de contabilidade.

 

Quais são os logotipos de que mais gostam?